All for Joomla All for Webmasters
MotoGP

Onde Andrea Dovizioso perdeu o título de 2017?

Uma vez que as memórias das corridas são muitas vezes curtas, a resposta para a pergunta que se mete poderia recair no mau desempenho que Dovizioso apresentou em Phillip Island, onde o italiano terminou em 13.º depois de ter alargado a trajectória na curva 1.

Com Márquez a vencer a corrida e com duas provas para o fim do campeonato, Dovizioso quase que perdeu qualquer hipótese de lutar pelo título. No entanto, nem toda a temporada de Dovi foi marcada por excelentes prestações com um conjunto de quatro corridas a penalizarem o italiano pela luta do campeonato.

1. Termas de Rio Hondo (Argentina): Depois de um brilhante segundo lugar na corrida nocturna do Qatar, Dovizioso foi involuntariamente derrubado por Aleix Espargaró, no momento em que estava em sétimo. Foi a primeira de duas desistências de Dovizioso nesta temporada de 2017 – a segunda foi em Valência.

2. Brno (República Checa): Os pilotos começaram a corrida com os pneus de chuva, sabendo que teriam que mudar de moto/pneus a meio da corrida. Márquez, ao surpreender tudo e todos, fez essa mudança logo na segunda volta. A lenta reacção da Ducati resultou no facto de Dovizioso ter mudado de moto demasiado tarde – duas voltas mais tarde que a restante concorrência. Márquez venceu a corrida, Dovizioso foi sexto e perdeu 15 pontos. Após este incidente, a Ducati decidiu que o coordenador da equipa – Davide Tardozzi – passaria a escolher as estratégias futuras, com os engenheiros dos pilotos a perderem essa função.

3. MotorLand Aragón (Espanha): Depois de ter vencido o GP da Áustria e o GP da Inglaterra, Dovizioso consegue ser terceiro em São Marino. Na ronda seguinte – Aragão – o piloto da Ducati foi sétimos, conseguindo assim um resultado menos positivo já que Lorenzo foi capaz de terminar na terceira posição e Márquez voltou a vencer. Numa pista onde o #04 nunca conseguiu grandes resultados, Dovizioso puxou bastante na primeira metade da corrida, acabando por não ter pneu para a segunda metade da corrida. O sétimo lugar foi um dos piores resultados do piloto em todo 2017 – uma falha que acabaria por prejudicar a sua luta pelo campeonato.

4. Phillip Island (Austrália): Numa pista onde a Ducati já tinha antecipado grandes problemas, Dovizioso teve uma corrida para esquecer. Ele fez o 11.º melhor tempo na qualificação e previu bastantes dificuldades para se chegar à frente. No entanto, o facto de querer puxar para chegar mais à frente fez com que o homem da Ducati cometesse um erro na primeira curva. Nos últimos momentos da corrida, ele lutou pela 11.º posição mas acabou por perder posições para Redding e Pedrosa, o que acabou por criar uma frustração entre o inglês da Pramac e a fábrica da Ducati. Márquez venceu a corrida e ganhou outros 25 pontos. Dovizioso ficou com apenas mais três pontos.

Apesar de ter vencido em Sepang, Dovizioso precisava de vencer em Valência, enquanto que Márquez tinha que ficar em 12.º (ou pior), de forma a conquistar o título. O que aconteceu foi que o italiano caiu na parte final da corrida e acabou por levar a moto à box. Mesmo perdendo o campeonato na praia, Dovizioso foi recebido como um campeão pela sua equipa depois de uma temporada memorável.

Fonte: sportrider.com

Onde Andrea Dovizioso perdeu o título de 2017?
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com