All for Joomla All for Webmasters
MotoGP

Ducati não poderá oferecer o mesmo dinheiro a Lorenzo para a renovação

Os dois pilotos oficiais da Ducati, Andrea Dovizioso e Jorge Lorenzo, terminam os seus vínculos este ano. A vontade da equipa é manter os serviços de ambos, mas as condições contratuais de ambos deverão ser diferentes – no caso do espanhol, o vencimento que aufere poderá ser reduzido, não só devido à perda de um patrocinador importante (TIM) como sobretudo pelo previsível aumento ao italiano depois da boa época de 2017.

Em declarações ao Motorsport.com, o diretor de equipa Paolo Ciabatti admitiu que a Ducati não está em condições de fazer uma oferta tão avultada a Lorenzo: ‘Fizemos um esforço para trazer o Lorenzo mas foi uma ação num momento específico. O orçamento destinado ao salário dos pilotos é interessante mas não penso que possamos oferecer ao Jorge o mesmo dinheiro de quando chegou‘.

E eis o motivo explicado por Ciabatti: ‘Tem um salário muito alto e o contrato do Andrea é interessante mas não está ao mesmo nível, será recompensado pelo que fez em 2017. Com um contrato que termina no fim deste ano, tem uma posição negocial muito melhor do que tinha antes. A situação é muito diferente da de 2016‘.

O responsável acrescentou: ‘Quando assinámos com o Jorge ele tinha uma oferta muito alta da Yamaha para renovar e era campeão mundial, e renovámos com o Andrea quando nunca tinha ganho nenhuma corrida com a Ducati. Há que ter estas coisas claras‘.

Ducati não poderá oferecer o mesmo dinheiro a Lorenzo para a renovação
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com