All for Joomla All for Webmasters
Moto2

Fabricantes de chassis têm dez dias próprios para testar motores Triumph

Após nove anos com motores Honda, a Triumph será a nova fornecedora para o Moto2 em 2019. As equipas, as fabricantes de chassis, a IRTA e o fornecedor de motores concordaram em testar no próximo ano os novos motores de três cilindros de 765cc.

As actuais equipas de Moto2 são conhecidas por terem apenas dez dias privados de testes por temporada e não querem sacrificar esses mesmos dias em unidades motrizes da Triumph, até ao final da próxima temporada.

Portanto, houve a necessidade de encontrar uma solução que satisfizesse ambas as partes.

‘Todos os fabricantes de chassis que estiveram no Mundial de 2017 terão a autorização para correr com motores Triumph ao longo de dez dias com uma equipa de testes de 2018. Como a maioria dos fabricantes não tem uma infra-estrutura de testes, eles podem usar as equipas de Moto2 e os respectivos engenheiros’, defendeu o Director Técnico do MotoGP, Danny Aldridge, ao Speedweek.

Posto isto, a KTM pode testar com a Ajo, enquanto que a Kalex testa com a Intact. Já a Speed-up e a Tech3 testam com as suas próprias equipas.

Os fabricantes pode usar os pilotos normais, em vez de recorrer a pilotos de teste, segundo confirma Aldridge:

– E uma coisa deve ser mantida em mente, como de costume: duas semanas antes de um GP, não se pode testar numa pista de GP.

Fabricantes de chassis têm dez dias próprios para testar motores Triumph
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com